Arquivado em Lifestyle Publicado em
10 Agosto, 2014

Uma Carta para o Xarope do Meu Pai

Meu pai é um careca irritante e serelepe. É do tipo que te acorda abrindo a janela (deixando a claridade te cegar) e continua fazendo cócegas no seu pé apesar de todos os xingamentos e demonstrações de desespero.

Ele é do tipo que não perde uma oportunidade de te zoar. Aliás, uma dica: nunca diga que está falando sério, pois ele responderá um sonoro “e eu estou rindo por ‘acauso’?”. Ele é assim, tem sempre uma piadinha tonta na ponta da língua. Eita cara feliz, sô!

Além de (muito) feliz ele é multi tarefas: trabalha fora, trabalha em casa, sempre socorre os filhos (alô Lucas que perde o ônibus da faculdade haha) e ainda cuida pra que não falte nada em casa (ok, ás vezes ele deixa acabar o leite, mas tudo bem kkkk).


De todas as coisas que ele me ensinou (e olha que foram muitas), a frase que sempre me lembro é “você deve estar sempre à frente ou ao lado, jamais atrás dos outros.” Ele sempre usa pra dizer que precisamos progredir e ir atrás dos nossos objetivos.

Ele não mede esforços pra nos ajudar e esses esforços vêm sempre acompanhados de um “estuuuuudem!” ou um “guardem dinheiro!”. 

Ele cozinha e é mestre em criar melhorias tecnológicas (a.k.a gambiarra). É fã de RPM, Roupa Nova e Amado Batista (putz, pai!). Também vive cochilando no sofá.

E sabem o que é mais engraçado? Ninguém consegue ficar longe dele!

Enfim, fica aqui essa pequena, rápida e desajeitada homenagem pra esse cara, que, mesmo usando umas gírias nada a ver, fez tanto por mim! 

Porque meu pai é f0d@, é um herói. Ou, como ele mesmo se intitula, ele é 10.
Escrito por /
Post Anterior Próximo Post

Me conta o que achou

Você vai curtir