Arquivado em Beleza Publicado em
Janeiro 21, 2016

Testei: Máscara de Hidratação Cavalo Forte – Haskell

Na última Beauty Fair conheci as novidades da Haskell e ganhei a máscara de hidratação Cavalo Forte. E é justamente sobre ela que vim falar hoje (ah, vá!).
 
De início já fiquei curiosa pelo nome da linha, mas a própria marca explica a escolha:
O shampoo criado originalmente para fortalecer e dar brilho à crina e cauda dos cavalos se tornou um queridinho das mulheres. Com isso, foram desenvolvidas fórmulas para uso humano, o que fez um grande sucesso no exterior.
Dadas as explicações, vamos às características da máscara:
Quantidade: 250gr
Indicação: Cabelos fracos e com dificuldade no crescimento.
Aplicação: Aplicar mecha a mecha e deixar agir por 15 minutos (se preferir, pode usar touca). O produto se distribui com facilidade nos fios.
Cheiro: lembra cheiro de salão haha. Não achei que o aroma ‘fixa’ no cabelo
O que promete: aumento na elasticidade dos fios, fortalecimento, hidratação, nutrição, brilho, entre outros.
Preço: R$ 43,00
 
O que eu achei: Eu nunca reparei se meu cabelo tem dificuldade pra crescer, mas percebi que ele estava quebradiço, com algumas pontas duplas e com bastante volume e frizz (culpa do ressecamento), mesmo eu tendo deixado a progressiva e a chapinha de lado e diminuído o uso do secador (o motivo é: preguiça e calor haha).
Percebi que o cabelo ficou mais ‘comportado’ e macio, com volume controlado e uma grande diminuição do frizz. Também deu um movimento super bonito aos fios.
 
Quanto ao fortalecimento, acredito que vou perceber mais a longo prazo, por isso vou continuar usando e qualquer novidade venho contar pra vocês.
Ah, só é bom tomar cuidado pra passar apenas no comprimento dos fios, pois eu não tomei esse cuidado na primeira vez que usei e acabou deixando a raiz um pouco oleosa.
Resumindo: pra mim, o produto vale super a pena, pois já deixou meu cabelo com uma cara bem mais saudável. Pra quem já está com o cabelo bem hidratado, recomendo usar o produto numa frequência menor, pra não pesar.
Agora me contem, vocês já conheciam a Haskell? Já testaram essa máscara?
Post Anterior Próximo Post

Me conta o que achou

Você vai curtir