Arquivado em Carreira Publicado em
Maio 10, 2017

O que o técnico da Seleção tem a dizer sobre a sua carreira | Tema do Mês

Imagina assumir o cargo de técnico da Seleção do país do futebol. Agora imagina fazer isso com a torcida (e a equipe) desacreditada, logo após o fiasco da Copa do Mundo de 2014– após o fatídico 7X1 contra a Alemanha– depois da desclassificação da Copa América Centenário e com o time estando fora da zona de classificação para a Copa do mundo de 2018…
Até quem não é grande fã de futebol deve se lembrar da má fase da Seleção Brasileira, né?!

E foi justamente esse desafio que Tite enfrentou! “Mas Helen, porque você tá falando de futebol num blog que nada tem a ver com o tema?”. Simples: Tite utiliza muitas das técnicas de liderança que se encaixam perfeitamente no ambiente coorporativo (e na vida, porque não?!). Então resolvi adaptar 8 delas (de uma matéria da Você S/A de janeiro/17) para que você consiga colocá-las em prática hoje mesmo!

Ah e o melhor: elas não servem só para quem gerencia/lidera uma equipe não! Elas são mega úteis para os profissionais, independente do cargo, olha só:

1. Motivação Intrínseca

O que te faz levantar da cama de manhã? E não me venha com aquele papo de “são os boletos acumulados”. Estamos falando de um objetivo de vida, de um sonho. Sabe aqueles dias que você está desmotivado, com vontade de chutar o balde? Lembre-se que você está fazendo isso para juntar aquela grana para o intercâmbio, por exemplo.

2. Laços de Confiança

Estabeleça laços de confiança com seus colegas e chefia. Ao expor uma ideia, apresente argumentos concretos do porque essa é a melhor solução. E mostre (sem arrogância, claro) aos demais profissionais que eles podem confiar no seu trabalho, pois você tem o comprometimento e as habilidades necessárias para desempenhar determinada atividade. Também dê essa abertura aos seus colegas, afinal, vocês estão jogando pelo mesmo time: a empresa!

3. Transparência Total

Para que a confiança que falei aí em cima, seja conquistada é preciso que haja sinceridade, pois sem isso a equipe de trabalho pode ficar disfuncional. É preciso saber elogiar e criticar, quando necessário.

4. Leitura do ambiente

Sabe quando rola aquela reunião tensa no escritório que acaba com o clima do pessoal pelo resto do dia? Por mais difícil que seja, tente não se deixar abater. Se seus colegas já estão emocionalmente abalados, eles não precisam de mais uma pessoa reclamando ou choramingando. Do mesmo jeito que o pessimismo contamina, o otimismo também pode contaminar!

5. Lealdade e Meritocracia

Um novo profissional foi contratado e você está com medo de perder o cargo? Pare já com isso! Se você está onde está por mérito, não tem porque se preocupar! O novo funcionário não é seu inimigo, pelo contrário: já parou para pensar que ele pode ser um novo reforço para a equipe? Então é melhor treiná-lo para que ele seja um dos melhores! E tem mais: se ninguém é capaz de te substituir à altura, como você poderá subir de cargo ou ir em busca de novos desafios?

6. Aperfeiçoamento Pessoal

Estude sempre! Leia sobre sua área de atuação e assuntos diversos, faça cursos complementares e de atualização. Nenhum conhecimento é perdido! As coisas mudam rápido e é preciso estar antenado a essas mudanças para continuar no jogo – ou no mercado de trabalho.

7. Aprender com as frustrações

Por mais força de vontade que você tenha, você não é a salvadora da pátria! Confesso que esse é um dos tópicos que tenho maior dificuldade. Mas é preciso entender – e aceitar – que estamos sujeitos a falhas e elas fazer parte, não tem jeito. E por mais clichê que a frase seja, é a mais pura verdade: sempre tem o que aprender com os erros.

8. Lidar bem com a pressão

Não importa com o que você trabalhe, a cobrança por bons resultados sempre vai existir! Quando a cobrança é maior, o combo formado pela inteligência emocional, pela racionalidade e pelo gosto por adrenalina se torna um perfeito aliado. Além disso, para Tite, o segredo do sucesso e encontrar equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal. Ah, e claro, fazer o que ama.


Mais: Como se (re)apaixonar pelo trabalho

• E agora, você já está pronta para ter uma carreira de sucesso? Se tiver mais alguma dica, me conta aí nos comentários, please!

Escrito por /
Post Anterior Próximo Post

Me conta o que achou

Você vai curtir