Arquivado em Carreira Publicado em
Agosto 22, 2017

4 Erros da série Girlboss que você não deve cometer

Quando foi anunciada, a série Girlboss, da Netflix, foi bastante aguardada. Não é pra menos, afinal, a história de Sophia Amoruso, fundadora do site Nasty Gal é bem inspiradora!

Porém, o sucesso não foi o esperado e a série foi cancelada logo na primeira temporada. Não é pra menos: apresentou uma protagonista chata (pra não dizer irritante, arrogante e zero carismática).

Apesar da decepção, dá pra tirar 4 lições bem valiosas do que não fazer no trabalho:

1. Achar que pode construir um império sozinha

Você pode até ter uma ideia visionária e acreditar no sucesso dela, mas você vai precisar de ajuda. No início pode ser que sua família ou amigos sejam responsáveis por esse apoio até que você tenha uma equipe contratada. De qualquer forma, é importante respeitar e confiar no trabalho dos outros. Saber delegar é um dos segredos dos grandes líderes. Coisa que a Sophia da série demorou pra perceber, por se achar superior e capaz de tomar conta de tudo.

2. Se achar no direito de desrespeitar as pessoas

Seus fornecedores, clientes, equipe e até mesmo seus concorrentes são importantes. Não importa se o seu negócio está superando as expectativas, nada justifica desrespeitar alguém. Para as pessoas não importa se você fatura 100 reais ou um milhão por ano, gentileza não tem nada a ver com o contracheque.

3. Ignorar a pesquisa de mercado

São seus clientes que definem o que querem. Na história, Sophia tentou emplacar um lote de produtos que ela achou incrível, mas não rolou. É preciso estar atenta às escolhas e necessidades de quem te procura, assim o risco de ficar com algo encalhado e assumir um prejuízo é menor.

4. Achar que seu negócio não é um negócio

Por mais que tenha começado com um hobby, se a intenção é sobreviver com isso, é preciso virar a chavinha e encarar seu projeto como um negócio. E isso inclui toda a burocracia envolvida: planejamento, controle financeiro, e etc. Amar o que faz é ótimo, mas amor sozinho não paga as contas né?!

E você, assistiu a série? Que outras dicas do que fazer (ou não fazer) você identificou?

Escrito por /
Post Anterior Próximo Post

2 Comentários

  • Lucélia

    Realmente a história é inspiradora, a escolha da atriz foi infeliz… Era pra ser algo mais simples, de luta… Mas acabou destacadando a arrogância. É necessário humildade!

    Agosto 22, 2017 at 12:58 pm Reply
    • Helen

      Exatamente! Uma pena, tinha tanto potencial…

      Setembro 11, 2017 at 7:40 pm Reply

    Me conta o que achou

    Você vai curtir