Browsing Category:

Carreira

Arquivado em Carreira Publicado em
16 Novembro, 2017

Para não cair em uma armadilha na hora de tirar as ideias do papel

Tirar as ideias do papel, para muitos, não é uma tarefa simples. E como defende Tiago Mattos, fundador da Perestroika e autor do livro Vai Lá e Faz, existem algumas armadilhas dificultando ainda mais esse processo. Uma delas é confundir imaginação, criatividade e inovação. Você já parou pra pensar nesses 3 assuntos e como eles afetam seu negócio?

Confundindo essas três esferas, você pode achar que está resolvendo uma coisa quando, na verdade, está solucionando outra. De acordo com Tiago, essa confusão diminui radicalmente a chance de suas ideias saírem do plano abstrato e se transformarem em algo concreto.

Mais: 2 Livros para empreendedoras – uma ajuda para começar (ou melhorar) seu negócio

Para tirar as ideias do papel

Bora esclarecer de vez o que esse trio de palavras realmente significa:

Imaginação

É a capacidade de criar na mente algo que não foi captado pelos sentidos. Imaginação não tem, necessariamente, utilidade. Sabe quando você imagina algo e esse algo não tem nenhuma função e não resolve nenhum problema? Então! Logo, ela serve de base para as pessoas criativas, mas sozinha não te leva a lugar nenhum!

Criatividade

É usar a imaginação para resolver um problema de forma viável, tentando a solução mais original possível. Quanto mais inusitada essa solução, mais criativa é a ideia! Sabe o “algo” que você imaginou ali em cima? A partir do momento que ele passa a ter uma finalidade, aí você está sendo criativa. Mas é importante lembrar: ideia que não pode ser colocada em prática é apenas imaginação!

Inovação

É aplicar a criatividade, colocar a solução do tópico anterior em ação. E é justamente aqui que as pessoas encalham (incluindo eu!). Resumindo: é FAZER.

Mais: Porque você trabalha? Seu propósito pode determinar seu sucesso

Ou seja, ás vezes temos uma ideia aparentemente incrível, mas nunca a avaliamos por esse ponto de vista e por isso acabamos nos autoenganando!

Como bem destacou Tiago, a imaginação é fundamental para a criatividade, assim como a criatividade é fundamental para a inovação. Mas vale lembrar:

Não são os criativos que mudam o mundo. São os inovadores. (Tiago Mattos)

Em tempo:

Indico MUITO a leitura do livro Vai Lá e Faz, pois sabemos que o mundo está mudando e que só as empresas (e as pessoas) que se adaptarem a essas mudanças farão parte do mercado de  trabalho. Além de estratégias para você tirar as ideias do papel, ele traz uma visão de como serão os negócios no futuro. Ou seja, é ótimo pra quem quer estar um passo a frente! Para comprar (tem a versão impressa e a digital) é só clicar aqui.

  • Agora eu quero saber, qual problema a sua ideia resolve? Me conta aqui nos comentários ou lá no Instagram!
Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
9 Novembro, 2017

5 dicas para vencer o botão soneca e ser mais produtiva de manhã

Se eu te perguntasse quantas vezes você aperta o botão soneca antes de levantar, qual seria a sua resposta? E quantas vezes você já desejou ser mais produtiva de manhã? Se você respondeu MUITAS, bem vinda ao clube!

Eu sempre fui o tipo de pessoa que deixa pra levantar no último segundo. Quando trabalhava em empresa deixava para acordar MEIA HORA antes do fretado passar! Se eu tropeçasse já perdia o bendito hahaha.

Acontece que trabalhando em casa a disciplina precisa ser maior, caso contrário eu dormiria o dia todo e não produziria nada, certo?

Pensando em aumentar minha produtividade, comecei a ler o livro O milagre da manhã, de Hal Elrod. No livro ele cita 5 passos pra gente nunca mais ativar o modo soneca do despertador.

Se você já tá aí torcendo o nariz, talvez essa frase de Steve Pavlina te ajude a reconsiderar:

É dito que a primeira hora é o leme do dia. Se sou preguiçoso e casual nas minhas ações durante a primeira hora após acordar, tendo a ter um dia preguiçoso e desconcentrado. Mas se me esforço para fazer essa primeira hora idealmente produtiva, o resto do dia tende a seguir esse fluxo.

Ou seja, a soneca não vai te ajudar a alcançar seus objetivos, simples assim!

5 dicas para vencer a função soneca e ser mais produtiva de manhã

Já adianto que são estratégias bem simples. Mas é preciso criar um hábito, vamos tentar?

1. Estabeleça suas intenções na noite anterior

Hal diz que “seu primeiro pensamento de manhã costuma ser o último pensamento que você teve antes de ir para a cama”. Isso explicaria do porque levantamos tão empolgados (e até antes do despertador) quando estamos ansiosos por algum dia. Lembra das excursões da escola? Por outro lado, se você for dormir contando quantas horas tem pra dormir e tendo certeza que acordará exausta, quando o despertador tocar você só vai querer jogá-lo na parede e voltar a dormir.

2. Coloque seu despertador do outro lado do quarto

Movimento gera energia, portanto, quando você se levanta para desligar o despertador, isso te ajuda naturalmente a acordar.

Imagem via Freepik

3. Escove os dentes

Isso é uma ação básica de higiene, eu sei haha. Acontece que nessa etapa você ainda tá sonolenta, então essa é uma atividade automática, que não vai exigir um grande esforço, mas que dará tempo para o seu corpo acordar. Aproveita pra lavar o rosto, o que também vai te ajudar a despertar.

4. Beba um copo d’água

Pensa bem, você ficou mais ou menos de 6 a 8 horas sem beber água, então seu corpo estará meio desidratado e desidratação gera cansaço! Pra facilitar, vale encher um copo na noite anterior e deixá-lo no criado mudo, assim você não esquece!

5. Vista suas roupas de ginástica

Agora você torceu MESMO o nariz? Pois é, eu também! Mas de novo faz todo o sentido: se você já vai tomar um banho, por que não fazer esse banho valer a pena suando primeiro? Tudo bem se você não tem tempo de fazer seu treino completo agora. Aqui a ideia é maximizar seu potencial, te colocando em um estado de pico mental, físico e emocional. Tente fazer exercícios por pelo menos 20 minutos que já tá ótimo.

Imagem via Freepik

Pra finalizar, o autor do livro diz que toda vez que você pressiona o botão de soneca está em um estado de resistência ao seu dia, à sua vida, e a acordar e criar a vida que diz desejar. Você já pensou por esse ponto de vista?

  • Essa rotina não deve levar muito mais que meia hora! Que tal a gente fazer dela uma aliada que vai nos ajudar a dominar o mundo? Me conta aqui nos comentários ou lá no Instagram como tá se saindo!
Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
3 Novembro, 2017

Porque você trabalha? Seu propósito pode determinar seu sucesso

Fim de semana passado eu estive no evento Wonder Woman Way e durante 3 dias participei de palestras sobre diversos temas. As que eu mais gostei foram as que abordavam desenvolvimento pessoal. Ouvi sobre oratória, negociação, produtividade…e sabe o que todas elas classificaram como o mais importante para o seu negócio ou carreira? O propósito!

O que é propósito e porque ele é tão importante?

O seu propósito é o porque você trabalha. Ele é muito maior do que “para garantir meu salário no fim do mês”. É o que te faz levantar da cama todos os dias. Ele pode ser a sua família, se você é da área da saúde ou da segurança, pode ser salvar uma vida e aí por diante.

O meu propósito com a consultoria de imagem é ajudar as pessoas a encontrar a melhor versão delas mesmas, fazendo com que se sintam mais confiantes, com a autoestima elevada e contribuindo para que elas alcancem seus objetivos, sejam eles pessoais ou profissionais. É fazer a diferença -para a melhor, claro!- na vida das pessoas.

Para a Gislene Isquierdo, psicóloga e master coach, o propósito precisa ser maior que você mesmo, pois não é sobre você, é sobre o outro. Ela ainda diz que a gente procrastina quando o propósito não é grande o suficiente.

Já para Christian Barbosa, empresário e especialista em produtividade e alta performance, o propósito deve ser maior que o prazer. Ou seja, trabalhar em determinada área simplesmente “porque gosta” não é propósito. Amar o que faz (ou ser fascinado, como ele mesmo define) e seu propósito são duas coisas diferentes, mas que devem andar juntas.

O jeito de enxergar uma marca mudou

Antes, o produto ou serviço era o principal fator para uma marca, mas hoje já não é bem assim: as pessoas fazem negócios com quem acredita no que elas acreditam!

Ou seja, antes a gente conhecia (e comprava) o produto. Não era preciso saber qual o fabricante, muito menos quais causas ele apoiava! Hoje é o contrário: nós nos identificamos com uma causa e adquirimos um produto ou serviço como consequência dessa identificação.

Por isso, se você está empreendendo, pense com carinho, pois é isso que vai te dar forças para seguir adiante e conquistar o seu cliente!

  • Agora eu quero saber, com o que e por que você trabalha? Me conta aqui nos comentários ou lá no Instagram!
Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
25 Outubro, 2017

Se você é uma mulher maravilha, esse evento é pra você!

Ultimamente ouvimos muito falar sobre empoderamento feminino. E e se eu te disser que vai ter um evento todinho dedicado em te transformar numa mulher mais poderosa? O evento se chama Wonder Woman Way, e acontece agora de 27 a 29 de outubro, no Sheraton São Paulo WTC Hotel.

O que vai rolar no Wonder Woman Way

Vai rolar palestras e painéis de experts de assuntos femininos, como Luiza Helena Trajano (presidente do Magazine Luiza), Arlindo Grund (apresentador do Esquadrão da Moda – SBT), Micaela Goes (personal organizer do Santa Ajuda – GNT), e muitos outros nomes de peso das áreas de empreendedorismo, finanças, saúde e comunicação, olha só:

Wonder Woman Way

E eu não preciso nem falar que é uma ótima chance pra fazer um networking de qualidade e conhecer outras mulheres incríveis!

O evento foi criado pela Amanda Passavante, que é especialista em Marketing Digital, formada em Gestão Empresarial e atua na área há 10 anos e pela Margot Park, empresária na área da indústria do Bem Estar há mais de 20 anos e que hoje lidera milhares de mulheres que tem como objetivo conquistar a sua saúde física, mental e financeira. Ou seja, já são dois exemplos de inspiração!

Ah, e como o evento acontece durante o último final de semana do Outubro Rosa, haverá uma ação em parceria com a ONG Mamas do Amor, que fabrica e doa mamas a mulheres mastectomizadas. Vale conhecer mais sobre esse projeto no site deles. Com essa ação, você compra o primeiro ingresso e ganha o segundo, legal né? Já chama uma amiga pra ir!

Ah, os ingressos dão acesso aos 3 dias de evento e podem ser comprados no site oficial. Lá também tem mais informações e detalhes sobre o WWW.

Eu estarei lá nos 3 dias e vou postar muito, então durante os intervalos das palestras, fica de olho no Facebook e no Instagram, hein!

  • Já garantiu a sua vaga? Agora eu quero saber: qual é seu super poder? Me conta aí nos comentários!
Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
5 Outubro, 2017

2 livros para empreendedoras: uma ajuda para começar (ou melhorar) seu negócio

Cada vez mais as pessoas estão indo em busca do próprio negócio. Eu mesma sou uma delas! Ainda estou engatinhando, mas acho válido compartilhar minhas descobertas por aqui, quem sabe não ajudo alguém nessa mesma situação, certo? E nesse post eu trago 2 indicações de livros para empreendedoras, seja para as novas ou para aquelas que já são donas do próprio negócio:

Ah! Antes que eu me esqueça, caso você esteja feliz trabalhando em um negócio que não é seu, as dicas ainda são válidas! Você pode aumentar a sua produtividade e, quem sabe, não elabora um projeto super bacana pra empresa!

Lugar de mulher é onde ela quiser – Patricia Lages

Como o nome já diz, é um livro voltado para o público feminino. Logo no início, a Patricia já defende que “nosso lugar é aquele em que nós queremos estar e não onde dizem que devemos estar”.

O livro é dividido em duas partes. A primeira parte é para quando a gente tá pensando em começar um negócio. Nela vemos o conceito de empreendedorismo em si, desafios, vantagens…é o momento em que você faz uma autoavaliação pra saber se é isso mesmo que você quer.

 Já na segunda parte, entra a empresa em si: a parte administrativa, branding, modelo canvas (uma espécie de plano de negócios simplificada), relacionamento, fidelização do cliente…

O que eu mais gostei desse livro, além da linguagem fácil (não precisa ter um conhecimento prévio do assunto para entendê-lo) é que a Patricia não se coloca como uma super especialista inacessível do assunto, ela se coloca no mesmo nível da leitora, conta seus erros e seus acertos, parece uma conversa entre amigas, uma dando conselho pra outra!

Versão digital: R$ 18,90 | Versão impressa: R$ 17,90

Comprar

Vai lá e faz – Tiago Mattos

Tiago é um dos fundadores da Perestroika, a maior escola de atividades criativas da América Latina. Com essa informação já deu pra imaginar que esse livro tem uma pegada diferente do primeiro, né? Aqui não entram as burocracias, mas inspirações e ferramentas práticas para, como diz a capa, tirar as ideias do papel.

Essa diferença está, inclusive, na linguagem, levemente mais complexa do que no primeiro livro (mas não se desespere, não é um bicho de sete cabeças haha)!

Ele foi escrito tanto para os novos empreendedores quanto para os empresários mais experientes, pois logo de cara Tiago propõe uma mudança de mindset*, afinal, estamos vivendo uma Mudança de Era: o modelo “quadrado” de empresa e a hierarquia chefe-subordinado dão lugar à economia criativa com propósito e cultura da horizontalidade.

Mindset: “atitude mental”. A forma como nós organizamos nossa mente e damos sentido à vida; sendo que essas atitudes influenciam em nossos comportamentos e pensamentos, além de determinarem nosso sucesso. (Irmãs Alcântara)

Eu diria que esse livro explodiu meu cérebro, no bom sentido! Desde a faculdade, estudei modelos de gestão conservadores e trabalhei em empresas tradicionais. Mas agora, trabalhando em uma área que permite maior criatividade, esse “choque” foi extremamente necessário!

Tive várias ideias durante a leitura e, muitas vezes, a vontade era de largar o livro e sair correndo pra colocar a mão na massa! Indico muito!

Versão digital: R$ 28,58 | Versão impressa: R$ 35,90

Comprar

  • E você, já leu algum desses livros? Se tiver outras sugestões de títulos, me conta aí nos comentários ou lá no Instagram!
Escrito por /