Browsing Category:

Lifestyle

Arquivado em Lifestyle Publicado em
12 Abril, 2017

Desacelerar é bom e eu custei a entender isso!

Há quase dois meses eu sumi do blog, fui sumindo das redes sociais e de repente sumi da vida de muita gente. O motivo?

Eu não sou uma superheroína.

Assim, com uma frase simples que pode soar óbvia e até mesmo infantil, eu explico esse sumiço.

No alto dos meus 25 anos eu achava que meus super poderes dariam conta de fazer mil coisas ao mesmo tempo. Diariamente, mais de 12 horas estressantes dedicada ao trabalho com carteira assinada responsável por pagar minhas contas. Às terças saio de casa 6:40 para só voltar às 23:30 (como nos tempos da faculdade), aceitei uma atividade extra para apoiar 200 pessoas, comecei um curso de maquiagem profissional às quintas. Blog, YouTube, redes sociais e mil projetos pessoais. Família, noivo, amigos.

Apenas uma Helen.

Além da lista de afazeres só aumentar, a angústia de não conseguir fazer tudo também foi aumentando. Noites sem dormir, pensamentos a mil e nenhuma ação. NENHUMA. Eu travei. Não por problemas físicos, como alguém que tem a coluna travada, mas a cabeça não estava em ordem e o corpo começou a sentir.

Eu não conseguia tomar uma atitude, eu não conseguia me mexer, tudo o que eu queria era ficar na cama, embaixo do edredom com a cabeça coberta para o monstro da sobrecarga não me pegar.

Eu sou uma pessoa teimosa e orgulhosa, evito ao máximo pedir ajuda, mas a minha situação acabou afetando a vida de mais pessoas. Eu senti que ia explodir e isso poderia ser a qualquer momento. Me vi à beira de ter um treco grave antes dos 30!

Busquei ajuda, percebi que sozinha as coisas seriam mais difíceis.

Me vi obrigada a fazer um detox, abrir mão de certas coisas, por mais que eu as amasse. Defini prioridades, tracei metas. E estou vivendo uma coisa de cada vez, lutando para estar inteira em cada uma delas (e não fazendo uma coisa pensando em outra). É, a famosa ansiedade virou minha nova companheira!

Esse processo não é fácil, mas estou no caminho. Aos poucos estou ajeitando tudo. Volto com o blog, que hoje é minha válvula de escape, mas peço um pouquinho de paciência para o ritmo devagar pelo menos até o fim de abril (espero não ser mais que isso).

Tudo passa, tudo melhora.

Te vejo em breve!

Enquanto isso, me acompanhe no Instagram e no Facebook.

Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
15 Fevereiro, 2017

É hora de dizer sim | Carta da Helen – Fevereiro 2017

Gente do céu, como assim a pessoa vem aqui, conta mil planos e de repente some? Haha

Olha, essa carta deveria ter saído no primeiro dia do mês, mas o motivo do atraso é justamente o que ela propõe: eu resolvi dizer sim a várias coisas que me davam ‘medinho’.

E o universo, esse lindo, tratou logo de me trazer várias oportunidades! Por isso, ainda estou me adequando a algumas mudanças e me preparando para as que virão em breve, então sumi por vários dias!


Aliás, fica aqui meu convite: que tal pensar positivo e fazer um acordo com você mesma? Diga sim para o que te tira da zona de conforto! Eu comecei com isso há apenas 15 dias e olha, é incrível como várias portas se abrem!

Você pode decidir que vai fazer isso até o final do mês, mas é bem provável que adote essa atitude pra vida! Tenta e depois me conta!

Quanto aos conteúdos aqui e nas redes sociais, tô me desdobrando pra voltar com tudo!  Mas, por favor, tenham um tiquinho de paciência, garanto que vocês não vão se arrepender!

Que fevereiro seja lindo e traga maravilhosidades pra todas nós!

Escrito por /
Arquivado em Lifestyle, Vídeos Publicado em
25 Janeiro, 2017

Dicas MUITO ÚTEIS para arrumar as malas | Vídeo

Eu nunca conheci alguém que ame fazer as malas. Pra muitos, aliás, essa é a pior parte da viagem! Haha

Mas com essas dicas isso vai ficar muito mais fácil, além de diminuir drasticamente a chance de errar! Tem coisa pior do que você levar uma mala de uma tonelada e trazer tudo de volta, sem usar? Ou pior ainda: estar no meio da viagem e perceber que não tem nada para vestir? Ou passar calor quando só levou roupa de frio…enfim! Para evitar essas e outras situações, dá play no vídeo aqui embaixo:

E se você ainda não é inscrito no canal, clica aqui e resolve isso já! Assim você fica por dentro de todas as novidades que rolam no Youtube! E olha que comecei esse ano com uma vibe muito ~youtuber hahaha.

  • Agora quero saber: quais os hacks de vocês na hora de fazer as malas? Conta tudo aí nos comentários!
Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
11 Janeiro, 2017

Como evitar imprevistos na viagem | Tema do mês

Suas tão sonhadas férias chegaram e com ela veio aquele passeio incrível que você tava esperando faz tempo! Você não quer que algo dê errado né? Então é melhor ficar de olho nessas dicas pra evitar imprevistos na viagem:

Coloque identificação na mala

Antes eu achava que isso era uma frescurinha, só pra deixar a mala mais bonita, mas não é! Aposte nas tags com seus dados pessoais (por dentro e por fora da mala) e, caso sua mala seja do tipo comum (a.k.a preta), decore-a com fitas coloridas, patches ou com o que a imaginação mandar! O importante é que ela seja facilmente diferenciada de outras malas, assim não há risco de pegarem sua mala por engano. Já imaginou a situação?

Leve cópias dos documentos

Durante meu intercâmbio no Canadá, o pessoal da escola me orientou a tirar uma cópia do passaporte e carregá-la ao invés do documento original, pra não correr o risco de perder e ter uma baita dor de cabeça. Aproveite também para escanear seus documentos e enviá-los no seu e-mail, assim eles podem ser acessados de qualquer lugar em caso de uma emergência. Há quem prefira tirar cópias autenticadas, mas aí é você quem decide! Ah, só fique de olho nos passeios que irá fazer, pois alguns lugares não aceitam cópias tá? Mas se você vai apenas dar uma volta e curtir a cidade, a cópia é a melhor opção!

Faça um seguro viagem

Antes do intercâmbio eu achava esse item totalmente dispensável, mas agora faço questão de contratar um seguro, especialmente se vou sair do país (o que não acontece com frequencia, infelizmente kkkkk). Deixa eu te contar minha história pra ver se te convenço: era meu último dia de viagem, eu estava pronta para ir ao aeroporto pra voltar pra casa, quando tive uma crise alérgica e precisei ir às pressas para o hospital.

De cara, só por eu não ser canadense, havia uma taxa de 600 dólares (só por eu ter entrado no hospital, doído né?), fora o custo dos demais procedimentos. Não lembro o valor certo, mas passou dos mil dólares. O seguro que paguei custou bem menos do que isso e eles arcaram com esses gastos. Eu, sinceramente, espero que ninguém precise usá-lo, mas é melhor prevenir do que remediar!

Tudo que a gente quer na viagem é comer um dog baratinho sem preocupação (inclusive com a foto que não te favorece em nada haha).

Leve sua própria mini farmácia

Gente, eu juro que não to querendo que você tenha uma dor de barriga no meio da viagem! Hahaha Mas doença não escolhe hora né? Leve os remédios básicos, para dor de cabeça, cólica e sal de frutas, por exemplo. Ninguém merece sair no meio da noite procurar uma farmácia. Se a viagem for internacional, fica ainda mais difícil entender os rótulos/bulas dos remédios. Melhor não arriscar, né?!

Anote TODOS os telefones de emergência

Sério, anote todos os telefones que você pode precisar, incluindo a família e o consulado. E não marque bobeira de deixar tudo anotado no celular, pois caso você o perca (ou seja assaltado), não irá adiantar de nada! Leve uma cópia impressa!

É uma emergência: preciso de mais chocolates!

Não ande com muito dinheiro vivo e não guarde em um lugar só

Se os cuidados que falei antes eram pré viagem, esse aqui é para o tempo todo (vale até pro dia a dia)! Não precisa carregar todo o seu dinheiro pra cima e para baixo, leve apenas a quantia que acha que será necessária. Também divida o valor nos bolsos, carteira, bolsa e afins. Nessas horas o cartão acaba passando mais segurança, pois se perdê-lo é só bloquear. Mas se ainda sim você não quiser levar seu cartão pessoal, há várias opções pré pagas, onde você deposita um saldo no cartão e pode usá-lo como se fosse um cartão de débito.

Prefira bolsas coladas ao corpo e difíceis de abrir

Pra viajar eu gosto dos modelos transversais que deixam as mãos livres, mas permitem ser colocadas pra frente do corpo, diferente das mochilas. Ah e evite deixar celulares e carteiras nos bolsos externos, pois se eles facilitam o acesso pra você, também facilita para os ladrões! Ultimamente tenho amado os modelos de bolsa do tipo saco e sempre levo essa que comprei há mil anos no Aliexpress. Acreditam que só agora ela começou a estragar?

Não faça como eu, guarde o celular num local seguro!

 Eu sei que é chato imaginar que alguma coisa pode dar errado na nossa viagem, mas se planejando direitinho e tomando alguns cuidados, fica mais fácil curtir depois, sem se preocupar!

Ah, pra ver minhas fotos de passeios e viagens, é só me seguir no instagram e dar uma olhada na #HelenPorAí.

  • Agora me contem: quais cuidados vocês tomam antes de viajar para evitar imprevistos? 

Aproveitem as férias e tenham uma ótima viagem!

Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
10 Janeiro, 2017

O que devemos aprender com Moana

No fim de semana passado eu fui assistir ao tão comentado Moana, filme da Disney que estreou no dia 5 e de cara já aviso: amei!

Sendo bem sincera, quando criança, eu não sonhava em ser uma princesa. Eu mal assistia aos filmes da Disney e não sabia nada além do básico de cada história. Mas em uma coisa eu sempre acreditei: não existe um príncipe num cavalo branco pra resolver magicamente todos os nossos problemas, pois ninguém mais tem o poder de fazer isso além da gente mesmo! Acho que a Disney também percebeu isso e eu tô amando ver essa mudança nos filmes!

Falando de Moana, a filha do chefe da ilha Motu Nui, tá longe de ficar apenas sentada num trono esperando os milhares de “serviçais” do castelo lhe servirem (essas coisas nem mesmo existem nesse filme). Pra mim, ela é exatamente a “princesa” que cada uma de nós pode ser, e te explico o porquê:


Moana é teimosa, não desiste do que quer, mesmo que os outros joguem um balde de água fria. Ela sabe onde quer estar e luta todos os dias por isso!

Ela não se coloca como uma princesa, como ela mesma diz no filme. E também não tem medo de colocar a mão na massa! Se empenha para se tornar uma navegadora: ignora os comentários de que não seria capaz e ignora também a primeira recusa de Maui (um semideus vaidoso) de ensiná-la, assim, tapando a boca dele que, no início, não acreditava que uma garota havia sido escolhida para essa “missão”.

Moana 1
Aliás, tá aí uma coisa que pra Moana não faz diferença: o fato de ela ser mulher não a impede de NADINHA!

Ela acredita que foi escolhida pelo oceano e, apesar de não saber ao certo o motivo, agarra a oportunidade com todas as forças! Acho que deveríamos fazer o mesmo nas nossas vidas!

Mas pra mim o mais importante é que ela não deposita a confiança do sucesso em ninguém além dela mesma. Não tem príncipe pra salvar o dia, e em determinado momento ela se vê sozinha e o que ela faz? Pega um remo e VAI PRA LUTA!

Moana
Como os diretores do filme mesmo disseram, Moana é a heroína mais feminista da Disney! E eu espero que ela seja só a primeira!

Aliás, dá play pra ouvir a música tema do filme (é tão chiclete quanto Let it go hahaha)!

  • E você, já assistiu Moana? O que achou?
Escrito por /