Browsing Tag:

Desenvolvimento Profissional

Arquivado em Carreira Publicado em
18 Fevereiro, 2015

6 Pontos do seu currículo que chamam atenção do recrutador

Dizem que o ano brasileiro só começa depois do carnaval, certo? Então aproveita que hoje é tipo ano novo e pense nas suas metas profissionais! Se uma delas é mudar de emprego, presta atenção nessas 6 dicas do site exame.com e evite que seu currículo seja descartado depois da primeira ‘olhada’:

1. Momento Atual: suas experiências anteriores são importantes, mas num primeiro momento o que vale são seus cargos/experiências mais recentes. Sendo assim, coloque-os do atual ao mais antigo.
2. Apresentação: a formatação é importante, pois é a primeira coisa a ser vista. Seu currículo precisa ser limpo, conciso e organizado. Ah, nem preciso falar que erros de português são imperdoáveis né?
3. Nomes “Fortes”: se trabalhou em empresas conhecidas ou estudou em faculdades renomadas, deixe essa informação o mais explícita possível, pois essas informações chamam atenção. Porém se esse não é seu caso, compense descrevendo o ramo de atuação, o faturamento anual ou o número de funcionários de seu emprego anterior, evitando que o recrutador tire conclusões precipitadas.

4. Mudanças de Trajetória: através do currículo é possível perceber se o profissional é do tipo que vive mudando de emprego. Lembre-se que você terá que usar bons argumentos para explicar essa situação em uma possível entrevista.
5. Proximidade Geográfica: sim, muitas vezes o seu currículo é descartado simplesmente por que algumas empresas acham mais viável contratar alguém não precise ‘viajar’ diariamente para chegar ao trabalho. 
6. Palavras-Chave: durante a leitura dinâmica, as palavras relacionadas a vaga podem saltar aos olhos do recrutador. Por exemplo, se você se candidatou a uma vaga de tecnologia, termos como HTML e CSS irão chamar atenção, tente colocá-las no currículo.
Bora, revisar o currículo?
Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
22 Setembro, 2014

Por que temos tão poucas mulheres líderes?

É fato: apesar das mulheres conquistarem cada dia mais o mercado de trabalho, ainda é raro ver uma delas ocupando cargos de liderança. Por quê?
Sheryl Sandberg, chefe operacional do Facebook nos ajuda a pensar na resposta, listando 3 atitudes para vencer os desafios no mercado de trabalho.
Vale a pena assistir! (E tem legenda em português!).

Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
23 Abril, 2014

9 Dicas para não passar vergonha com e-mail

No trabalho eu tenho muito contato com clientes por e-mail e não é raro me deparar com situações desagradáveis (algumas são até engraçadas) por falta de cuidado de quem escreve. 
 
Lauren Conrad deu algumas dicas em seu site para ser um ‘profissional’ do e-mail. Achei tão interessante que resolvi adaptar e publicar aqui, acrescentando minhas observações também. Dá só uma olhada:
 
 
Cuidado com o endereço de email: Por mais óbvio que pareça, ainda tem gente que se queima por conta disso! Vai usar o e-mail para trabalho (ou colocar no currículo)? A melhor opção é optar por seu nome! Já cansei de ver FulanaGatinha@____.com! Até um samurai me mandou e-mail outro dia…
 
Resuma: É importante ser clara e concisa ao enviar um e-mail, afinal você não quer que a outra pessoa entenda algo errado, certo? Se você precisar tratar de vários assuntos (ou fazer várias perguntas) em um mesmo e-mail, aposte nos tópicos!
 
Responder a todos: Não é raro recebermos e-mail com mais gente na cópia, porém é preciso avaliar se sua resposta realmente é interessante a todos. Vale a pena checar com atenção antes de clicar no enviar. Já vi gente solicitando informações pessoais de RH para a empresa inteira…
 
Tenha cautela ao utilizar o e-mail coorporativo: Lembre-se que seu e-mail poderá ser utilizado a favor ou contra você! Seja porque será reencaminhado por quem recebeu ou porque o departamento responsável tem acesso a sua caixa. Antes de enviar, faça uma simples pergunta: “Eu gostaria que meu diretor visse esse e-mail?” Se a resposta for não, aperte delete imediatamente!
 
Pense antes de enviar: Ficou irritada com o que acabou de ler? Vá tomar um café, respire e pense antes de responder, afinal as palavras que você digitar ficarão salvas para sempre! Lembre-se de escrever de maneira amigável e profissional, pois o maior causador de problemas não é o que se escreve e sim como se escreve!
 
 
Assinatura: Não basta colocar seu nome no final de cada e-mail. É importante que sua assinatura contenha todos os seus dados para contato (telefone, celular, etc.), facilitando a vida de quem precisar entrar em contato com você.
 
Não evite o olho no olho: Não dá pra negar que o e-mail é muito prático! Você consegue responder de qualquer lugar e a qualquer hora! Mas é preciso avaliar quando ele deve ser evitado! Se um assunto é muito complexo, vale a pena encarar uma reunião pessoalmente, resolvendo o problema com maior rapidez e não dando margens para erros de interpretação! Sem falar que essa atitude pode demonstrar maior simpatia e interesse no assunto!
 
Escreva certo: Não tem nada mais chato e que acabe mais com a sua credibilidade do que um e-mail mal escrito, cheio de erros de português (ou inglês, espanhol, mandarim, o que for!). Sempre releia antes de enviar. Uma virgula no lugar errado pode mudar todo o sentido do conteúdo! Ta em dúvida de alguma palavra? Procure no dicionário (ou no Google) ou troque por um sinônimo! Acreditam que já recebi e-mail com o nome da empresa que a pessoa trabalha escrito errado? Pois é!
 
Preste atenção no nome da pessoa: Eu CANSEI de receber e-mail com meu nome escrito errado! Ninguém tem a obrigação de saber se é com H ou com dois L, mas gente, a pessoa digitou meu endereço de e-mail corretamente, porque no corpo de -mail digita errado? Essa falta de atenção passa a impressão de desleixo e que você não dá a mínima para pessoa do outro lado! Já fui chamada de Ellem, Elen, Hellen, GISELY…
 
E vocês, também encaram situações assim no dia a dia? Conta aí!
Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
3 Abril, 2014

Dicas para Entrevista de Emprego por Roberto Justus

Sem dúvidas, Roberto Justus é um dos empresários mais respeitados do país. Alguns podem achá-lo um até um pouco arrogante, mas o fato é que o cara entende do assunto.
Vi esse vídeo durante uma aula e achei bem interessante, porque ás vezes, não sabemos o motivo de sermos reprovados na entrevista de emprego, mas será que não estamos cometendo alguns dos erros abaixo sem perceber? Dá o play que vale a pena!
Follow on Bloglovin

Escrito por /
Arquivado em Carreira Publicado em
13 Março, 2014

Tá Pensando em Mudar de Carreira?

Nós crescemos ouvindo que é preciso escolher uma profissão. A pergunta já é clássica: o que você quer ser quando crescer? Involuntariamente desde pequenos somos pressionados a escolher um caminho profissional e pior: a lenda diz que ele deve ser seguido pra sempre, caso contrário, caracteriza-se fracasso! 

Ainda na escola nos inscrevemos no vestibular, aos 18 temos que decidir toda uma vida. Mas acontece que nós mudamos, o mundo muda e claro, o mercado de trabalho também! A Helen de 40 anos não será a mesma de 15, que também não era a mesma de 22, então é natural que eu sinta vontade de mudar algumas coisas e o mesmo acontece com as outras pessoas. 

Muitos criam o desejo de mudar o rumo da carreira profissional, o que leva à essa vomtade são os mais diversos fatores, como descoberta de um novo “hobby” que pode virar negócio, pouco espaço no mercado de trabalho (repararam que algumas profissões simplesmente somem do mapa?), insatisfação com o emprego atual… mas independente do motivo, é importante refletir bastante! Para ajudar na decisão, separei essas dicas da Você S/A – Janeiro/2014, dá uma olhada:



Escrito por /