Browsing Tag:

Livros

Arquivado em Carreira Publicado em
5 Outubro, 2017

2 livros para empreendedoras: uma ajuda para começar (ou melhorar) seu negócio

Cada vez mais as pessoas estão indo em busca do próprio negócio. Eu mesma sou uma delas! Ainda estou engatinhando, mas acho válido compartilhar minhas descobertas por aqui, quem sabe não ajudo alguém nessa mesma situação, certo? E nesse post eu trago 2 indicações de livros para empreendedoras, seja para as novas ou para aquelas que já são donas do próprio negócio:

Ah! Antes que eu me esqueça, caso você esteja feliz trabalhando em um negócio que não é seu, as dicas ainda são válidas! Você pode aumentar a sua produtividade e, quem sabe, não elabora um projeto super bacana pra empresa!

Lugar de mulher é onde ela quiser – Patricia Lages

Como o nome já diz, é um livro voltado para o público feminino. Logo no início, a Patricia já defende que “nosso lugar é aquele em que nós queremos estar e não onde dizem que devemos estar”.

O livro é dividido em duas partes. A primeira parte é para quando a gente tá pensando em começar um negócio. Nela vemos o conceito de empreendedorismo em si, desafios, vantagens…é o momento em que você faz uma autoavaliação pra saber se é isso mesmo que você quer.

 Já na segunda parte, entra a empresa em si: a parte administrativa, branding, modelo canvas (uma espécie de plano de negócios simplificada), relacionamento, fidelização do cliente…

O que eu mais gostei desse livro, além da linguagem fácil (não precisa ter um conhecimento prévio do assunto para entendê-lo) é que a Patricia não se coloca como uma super especialista inacessível do assunto, ela se coloca no mesmo nível da leitora, conta seus erros e seus acertos, parece uma conversa entre amigas, uma dando conselho pra outra!

Versão digital: R$ 18,90 | Versão impressa: R$ 17,90

Comprar

Vai lá e faz – Tiago Mattos

Tiago é um dos fundadores da Perestroika, a maior escola de atividades criativas da América Latina. Com essa informação já deu pra imaginar que esse livro tem uma pegada diferente do primeiro, né? Aqui não entram as burocracias, mas inspirações e ferramentas práticas para, como diz a capa, tirar as ideias do papel.

Essa diferença está, inclusive, na linguagem, levemente mais complexa do que no primeiro livro (mas não se desespere, não é um bicho de sete cabeças haha)!

Ele foi escrito tanto para os novos empreendedores quanto para os empresários mais experientes, pois logo de cara Tiago propõe uma mudança de mindset*, afinal, estamos vivendo uma Mudança de Era: o modelo “quadrado” de empresa e a hierarquia chefe-subordinado dão lugar à economia criativa com propósito e cultura da horizontalidade.

Mindset: “atitude mental”. A forma como nós organizamos nossa mente e damos sentido à vida; sendo que essas atitudes influenciam em nossos comportamentos e pensamentos, além de determinarem nosso sucesso. (Irmãs Alcântara)

Eu diria que esse livro explodiu meu cérebro, no bom sentido! Desde a faculdade, estudei modelos de gestão conservadores e trabalhei em empresas tradicionais. Mas agora, trabalhando em uma área que permite maior criatividade, esse “choque” foi extremamente necessário!

Tive várias ideias durante a leitura e, muitas vezes, a vontade era de largar o livro e sair correndo pra colocar a mão na massa! Indico muito!

Versão digital: R$ 28,58 | Versão impressa: R$ 35,90

Comprar

  • E você, já leu algum desses livros? Se tiver outras sugestões de títulos, me conta aí nos comentários ou lá no Instagram!
Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
6 Fevereiro, 2016

Carnaval sem folia: 3 livros, 2 séries e 1 filme para aproveitar o feriado

Sei que tem muita gente que não faz a linha rainha de bateria de escola de samba e aproveita o feriadão para curtir uma preguiça. Pensando nisso, reuni dicas de livros, séries e filme pra te ajudar nessa missão, olha só:
 

O Teorema Katherine: resumidamente, após uma desilusão amorosa, dois amigos decidem fazer uma viagem de carro e é aí que a aventura começa. É um livro divertido, para descontrair e esquecer um pouquinho do estresse de cada dia. Contei aqui mais detalhes sobre a história.

Extraordinário: É bem provável que você já tenha ouvido falar desse livro, mas se ainda não leu, dê uma chance! É um livro leve para tratar um tema bem pesado: preconceito. A linguagem é fácil e a leitura flui bem, quando percebe já terminou de ler! Aqui tem uma resenha onde conto um pouquinho mais sobre o livro.

E Não Sobrou Nenhum: Se você curte um suspense, não deixe de ler essa história escrita por Agatha Christie. 10 pessoas desconhecidas são atraídas para uma ilha e aos poucos começam a desaparecer. Todos são culpados e todos são vítimas até que se prove o contrário! É impossível parar de ler! A sinopse mais detalhada tá aqui.


 

Unbreakable Kimmy Schmidt: Kimmy, a protagonista da série, passou 15 anos presa em um cativeiro, sem acesso a informação, tecnologias e afins, mas isso não é uma série dramática e sim uma comédia! Os episódios mostram a moça começando sua vida em New York nos tempos atuais, dá pra imaginar? Falei mais dos personagens aqui.


Jessica Jones: Outra série protagonizada por uma mulher, mas bem mais sombria! Jessica está longe se ser uma heroína padrão: não usa máscara, não tem uma identidade secreta e é alcoólatra. Vive uma vida sem glamour e trabalha como detetive particular, utilizando métodos específicos (a.k.a seus poderes). Se por um lado Jessica é destemida, nada a torna mais vulnerável do que o vilão Killgrave. A primeira temporada tem 13 episódios, dá pra assistir todos! E o Netflix já confirmou a segunda temporada!


 

Um Senhor Estagiário: Tem Anne Hathaway e Robert de Niro como protagonistas, tá bom pra você? Jules (Anne) é um jovem e bem sucedida empresária, criadora de um e-commerce de moda. Já Ben (Robert) é um viúvo de 70 anos, que vive uma vida monótona. O caminho dos dois se cruza quando a empresa de Jules resolve criar um programa para estagiários idosos, com o objetivo de recolocá-los no mercado de trabalho. Acontece que Jules é bem reservada e mostra uma certa resistência a isso, mas aos poucos Ben vai conquistando a confiança da moça e eles se tornam ótimos amigos. Tenho apenas uma ressalva a fazer: o final deveria ser melhor aproveitado, mas fazer o que…mesmo assim ainda vale a pena assistir!

Ufa! Não dá pra dizer que depois dessas dicas o feriado em casa vai ser um tédio! 
 
Não deixem de me contar o que acharam das seleções, ok? Boa não folia pra vocês! Haha
Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
2 Dezembro, 2015

Livro: O Teorema Katherine – John Green

Sempre ouvi falar de John Green por causa de A Culpa é das Estrelas, mas confesso que nunca tive vontade de ler, pois sou zero fã de livros (e filmes) tristes.

Até que li a sinopse de O Teorema Katherine, que me pareceu leve e divertido, ótimo para descontrair e de quebra conhecer o trabalho do famoso autor.


O protagonista é Colin Singleton, um adolescente prodígio viciado em anagramas e com uma certa obsessão por Katherines (suas 19 ex namoradas se chamam Katherine). 

Depois do ultimo término ele e seu amigo Hassan (responsável por boa parte da comédia no livro) resolvem fazer uma road trip e acabam indo parar  em Gutshot, uma cidadezinha do interior.

A visita dura mais que o esperado e Colin tem seu momento Eureka! E começa a desenvolver um teorema para prever o futuro dos relacionamentos, quem será o terminante e o terminado. 


Eles ainda conhecem uma garota chamada Lindsey e os 3 criam um laço de amizade que deixa o livro ainda mais divertido! São 3 perfis bem diferentes (o nerd, o muçulmano e a menina do interior), mas que se complementam e te dão a sensação de fazer parte da turma.

Como “extra” o livro traz gráficos e fórmulas matemáticas, mas nada maçante e chato. As notas de rodapé também são curiosas/engraçadas, então vale a pena ler todas!


O livro foi lançado pela editora Intrínseca e a versão que eu tenho é a econômica, mas dá pra comprar a versão original ou o e-book aqui


Quem curte o autor? Se tiverem indicações de livros (que não sejam tristes) compartilhem, please!

Já viu a frequência de posts? Agora te vejo às segundasquartas e sextas!

Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
14 Outubro, 2015

Livro: Classy

Eu podia jurar que já tinha feito post pra esse livro, até que dei uma busca e descobri que eu só tinha comentado sobre ele (aqui e aqui). Sacanagem!
Classy foi escrito por Derek Blasberg, ex editor da Harper’s Bazzar (recentemente ele entrou pro time da Vanity Fair) e amigo de várias celebridades, incluindo Emma Watson e as Gêmeas Olsen!
O livro não é novo: a versão brasileira foi lançada em 2013 (inclusive, Derek já lançou a segunda versão, chamada Very Classy, ainda disponível só em inglês), mas continua tão atual e engraçado que vale a pena ler.
Na definição do autor, são “conselhos de elegância para a mulher moderna – Seja uma dama, não uma biscate”, ou seja, é um manual de etiqueta, mas sem todas aquelas teorias chatas e até mesmo caretas. 
O que não falta nesse livro é bom humor! Os temas são tradados de maneira leve e as fotos tornam tudo ainda mais divertido!
Ao todo são 8 capítulos – , que vão desde a maneira de se vestir até conhecimento (sim, uma dama está sempre em busca de conhecimento), passando por festas, viagens ao exterior e até mesmo a procura de um amor!
Ah, e ainda tem os testes, que me lembraram de como eu adorava fazer os testes da Capricho e da Atrevida durante minha adolescência haha.
Pra quem interessou, tem pra vender aqui.
Alguém já leu Classy? O que achou?
Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
18 Agosto, 2015

Livro: Extraordinário | BEDA

Sempre ouvi falar muito bem do livro Extraordinário e hoje é minha vez de contar o que achei dele!

Extraordinário

Eu comecei a ler  despretensiosamente, sem saber muito o que esperar e hoje já posso dizer que ele é um dos meus livros preferidos!
Ele conta a história de August Pullman, o Auggie, um menino que nasceu com uma síndrome genética que tem como sequela uma deformidade no rosto. Por conta das diversas cirurgias pelas quais passou, ele nunca tinha ido à escola, até que, com 10 anos, seus pais decidem matriculá-lo.
Apesar da sinopse parecer triste, o livro é o oposto. A narrativa é feita pelo próprio August, mas também há capítulos com narrativas de amigos e familiares.  A linguagem é leve e muitas vezes divertida, quase beirando o infantil.

August vai te conquistando aos poucos, pois a gente se identifica com as situações que ele vive na escola (lembra como é difícil ser aluno novo?) e a deficiência fica em segundo plano, aliás, isso é uma das coisas que mais gostei, o livro é zero apelativo. O objetivo de Auggie é realmente mostrar que ele é um garoto normal como qualquer outro.

A mensagem final é extremamente positiva, daquelas que mexe mesmo com a gente.
Minha vontade é de dar um exemplar desse livro para cada brasileiro preconceituoso que acha que pode sair julgando tudo e todos!
  • E você, já leu Extraordinário? Me conta o que achou aí nos comentários ou lá no Instagram!
Escrito por /