Browsing Tag:

Tema do Mês

Arquivado em Carreira Publicado em
10 Maio, 2017

O que o técnico da Seleção tem a dizer sobre a sua carreira | Tema do Mês

Imagina assumir o cargo de técnico da Seleção do país do futebol. Agora imagina fazer isso com a torcida (e a equipe) desacreditada, logo após o fiasco da Copa do Mundo de 2014– após o fatídico 7X1 contra a Alemanha– depois da desclassificação da Copa América Centenário e com o time estando fora da zona de classificação para a Copa do mundo de 2018…
Até quem não é grande fã de futebol deve se lembrar da má fase da Seleção Brasileira, né?!

E foi justamente esse desafio que Tite enfrentou! “Mas Helen, porque você tá falando de futebol num blog que nada tem a ver com o tema?”. Simples: Tite utiliza muitas das técnicas de liderança que se encaixam perfeitamente no ambiente coorporativo (e na vida, porque não?!). Então resolvi adaptar 8 delas (de uma matéria da Você S/A de janeiro/17) para que você consiga colocá-las em prática hoje mesmo!

Ah e o melhor: elas não servem só para quem gerencia/lidera uma equipe não! Elas são mega úteis para os profissionais, independente do cargo, olha só:

1. Motivação Intrínseca

O que te faz levantar da cama de manhã? E não me venha com aquele papo de “são os boletos acumulados”. Estamos falando de um objetivo de vida, de um sonho. Sabe aqueles dias que você está desmotivado, com vontade de chutar o balde? Lembre-se que você está fazendo isso para juntar aquela grana para o intercâmbio, por exemplo.

2. Laços de Confiança

Estabeleça laços de confiança com seus colegas e chefia. Ao expor uma ideia, apresente argumentos concretos do porque essa é a melhor solução. E mostre (sem arrogância, claro) aos demais profissionais que eles podem confiar no seu trabalho, pois você tem o comprometimento e as habilidades necessárias para desempenhar determinada atividade. Também dê essa abertura aos seus colegas, afinal, vocês estão jogando pelo mesmo time: a empresa!

3. Transparência Total

Para que a confiança que falei aí em cima, seja conquistada é preciso que haja sinceridade, pois sem isso a equipe de trabalho pode ficar disfuncional. É preciso saber elogiar e criticar, quando necessário.

4. Leitura do ambiente

Sabe quando rola aquela reunião tensa no escritório que acaba com o clima do pessoal pelo resto do dia? Por mais difícil que seja, tente não se deixar abater. Se seus colegas já estão emocionalmente abalados, eles não precisam de mais uma pessoa reclamando ou choramingando. Do mesmo jeito que o pessimismo contamina, o otimismo também pode contaminar!

5. Lealdade e Meritocracia

Um novo profissional foi contratado e você está com medo de perder o cargo? Pare já com isso! Se você está onde está por mérito, não tem porque se preocupar! O novo funcionário não é seu inimigo, pelo contrário: já parou para pensar que ele pode ser um novo reforço para a equipe? Então é melhor treiná-lo para que ele seja um dos melhores! E tem mais: se ninguém é capaz de te substituir à altura, como você poderá subir de cargo ou ir em busca de novos desafios?

6. Aperfeiçoamento Pessoal

Estude sempre! Leia sobre sua área de atuação e assuntos diversos, faça cursos complementares e de atualização. Nenhum conhecimento é perdido! As coisas mudam rápido e é preciso estar antenado a essas mudanças para continuar no jogo – ou no mercado de trabalho.

7. Aprender com as frustrações

Por mais força de vontade que você tenha, você não é a salvadora da pátria! Confesso que esse é um dos tópicos que tenho maior dificuldade. Mas é preciso entender – e aceitar – que estamos sujeitos a falhas e elas fazer parte, não tem jeito. E por mais clichê que a frase seja, é a mais pura verdade: sempre tem o que aprender com os erros.

8. Lidar bem com a pressão

Não importa com o que você trabalhe, a cobrança por bons resultados sempre vai existir! Quando a cobrança é maior, o combo formado pela inteligência emocional, pela racionalidade e pelo gosto por adrenalina se torna um perfeito aliado. Além disso, para Tite, o segredo do sucesso e encontrar equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal. Ah, e claro, fazer o que ama.


Mais: Como se (re)apaixonar pelo trabalho

• E agora, você já está pronta para ter uma carreira de sucesso? Se tiver mais alguma dica, me conta aí nos comentários, please!

Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
11 Janeiro, 2017

Como evitar imprevistos na viagem | Tema do mês

Suas tão sonhadas férias chegaram e com ela veio aquele passeio incrível que você tava esperando faz tempo! Você não quer que algo dê errado né? Então é melhor ficar de olho nessas dicas pra evitar imprevistos na viagem:

Coloque identificação na mala

Antes eu achava que isso era uma frescurinha, só pra deixar a mala mais bonita, mas não é! Aposte nas tags com seus dados pessoais (por dentro e por fora da mala) e, caso sua mala seja do tipo comum (a.k.a preta), decore-a com fitas coloridas, patches ou com o que a imaginação mandar! O importante é que ela seja facilmente diferenciada de outras malas, assim não há risco de pegarem sua mala por engano. Já imaginou a situação?

Leve cópias dos documentos

Durante meu intercâmbio no Canadá, o pessoal da escola me orientou a tirar uma cópia do passaporte e carregá-la ao invés do documento original, pra não correr o risco de perder e ter uma baita dor de cabeça. Aproveite também para escanear seus documentos e enviá-los no seu e-mail, assim eles podem ser acessados de qualquer lugar em caso de uma emergência. Há quem prefira tirar cópias autenticadas, mas aí é você quem decide! Ah, só fique de olho nos passeios que irá fazer, pois alguns lugares não aceitam cópias tá? Mas se você vai apenas dar uma volta e curtir a cidade, a cópia é a melhor opção!

Faça um seguro viagem

Antes do intercâmbio eu achava esse item totalmente dispensável, mas agora faço questão de contratar um seguro, especialmente se vou sair do país (o que não acontece com frequencia, infelizmente kkkkk). Deixa eu te contar minha história pra ver se te convenço: era meu último dia de viagem, eu estava pronta para ir ao aeroporto pra voltar pra casa, quando tive uma crise alérgica e precisei ir às pressas para o hospital.

De cara, só por eu não ser canadense, havia uma taxa de 600 dólares (só por eu ter entrado no hospital, doído né?), fora o custo dos demais procedimentos. Não lembro o valor certo, mas passou dos mil dólares. O seguro que paguei custou bem menos do que isso e eles arcaram com esses gastos. Eu, sinceramente, espero que ninguém precise usá-lo, mas é melhor prevenir do que remediar!

Tudo que a gente quer na viagem é comer um dog baratinho sem preocupação (inclusive com a foto que não te favorece em nada haha).

Leve sua própria mini farmácia

Gente, eu juro que não to querendo que você tenha uma dor de barriga no meio da viagem! Hahaha Mas doença não escolhe hora né? Leve os remédios básicos, para dor de cabeça, cólica e sal de frutas, por exemplo. Ninguém merece sair no meio da noite procurar uma farmácia. Se a viagem for internacional, fica ainda mais difícil entender os rótulos/bulas dos remédios. Melhor não arriscar, né?!

Anote TODOS os telefones de emergência

Sério, anote todos os telefones que você pode precisar, incluindo a família e o consulado. E não marque bobeira de deixar tudo anotado no celular, pois caso você o perca (ou seja assaltado), não irá adiantar de nada! Leve uma cópia impressa!

É uma emergência: preciso de mais chocolates!

Não ande com muito dinheiro vivo e não guarde em um lugar só

Se os cuidados que falei antes eram pré viagem, esse aqui é para o tempo todo (vale até pro dia a dia)! Não precisa carregar todo o seu dinheiro pra cima e para baixo, leve apenas a quantia que acha que será necessária. Também divida o valor nos bolsos, carteira, bolsa e afins. Nessas horas o cartão acaba passando mais segurança, pois se perdê-lo é só bloquear. Mas se ainda sim você não quiser levar seu cartão pessoal, há várias opções pré pagas, onde você deposita um saldo no cartão e pode usá-lo como se fosse um cartão de débito.

Prefira bolsas coladas ao corpo e difíceis de abrir

Pra viajar eu gosto dos modelos transversais que deixam as mãos livres, mas permitem ser colocadas pra frente do corpo, diferente das mochilas. Ah e evite deixar celulares e carteiras nos bolsos externos, pois se eles facilitam o acesso pra você, também facilita para os ladrões! Ultimamente tenho amado os modelos de bolsa do tipo saco e sempre levo essa que comprei há mil anos no Aliexpress. Acreditam que só agora ela começou a estragar?

Não faça como eu, guarde o celular num local seguro!

 Eu sei que é chato imaginar que alguma coisa pode dar errado na nossa viagem, mas se planejando direitinho e tomando alguns cuidados, fica mais fácil curtir depois, sem se preocupar!

Ah, pra ver minhas fotos de passeios e viagens, é só me seguir no instagram e dar uma olhada na #HelenPorAí.

  • Agora me contem: quais cuidados vocês tomam antes de viajar para evitar imprevistos? 

Aproveitem as férias e tenham uma ótima viagem!

Escrito por /