Browsing Tag:

Viagem

Arquivado em Lifestyle Publicado em
2 Outubro, 2015

Visitei a Redação da Glamour

Eu sei, to bem atrasada pra contar como foi conhecer a redação da revista Glamour, mas setembro foi um mês bem corrido…
No dia 9, acordei cedinho e peguei um ônibus para SP, rumo a Globo Condé Nast para conhecer a equipe da revista e de quebra ter uma aula de automaquiagem com o pessoal da Bare Minerals.

Como cheguei cedo resolvi ir almoçar no shopping JK Iguatemi que eu ainda não conhecia e era bem perto da editora.

Sobre o shopping: nunca vi tanta grife junta! Acho que isso é o mais perto que já cheguei de uma autêntica bolsa Chanel haha. A foto ta péssima, mas foi tirada rapidinho por motivos de: não queria tomar pito de um dos 4356272 seguranças espalhados pelo shopping. E quando vi a loja Louboutin? Automaticamente me imaginei abraçando a vitrine, chorando loucamente com Love by Grace da Lara Fabian tocando ao fundo kkkkkk.
Ao chegar na Glamour fomos para a aula com Paloma Vale, maquiadora da Bare Minerals. Pudemos testar vários produtos e aprendemos a fazer uma maquiagem básica para o dia a dia em poucos minutos. A ‘modelo’ foi a Lari, do marketing da marca. Uma simpatia só!
Aí embaixo, o kit Get Started que ganhamos (vai ter resenha sim senhor!) e alguns dos produtos usados. Amei esse 5in1 que deixa a pálpebra digna sem precisar de sombra. Já quero!
Aula terminada, descemos para a redação. A Nat, repórter de comportamento (e uma fofa, super atenciosa), nos contou um pouquinho de como funciona uma revista e respondeu todas as nossas dúvidas. Sabiam que a escolha da ‘personagem’ da capa precisa ser explicada para os executivos da editora a nível internacional?
Então partimos para a sala mais aguardada, a da Mônica Salgado, diretora de redação. Contei como foi o encontro aqui. Pode voltar no tempo?
Depois conhecemos cada integrante da equipe, passando pelo pessoal da internet, beleza, arte… e finalizamos a visita na sala da Adriana Bechara (ou Becha para os íntimos), diretora de moda. Ela estava de saída para um evento, mas mesmo assim fez questão de nos atender e nos mostrar o moodboard de um ensaio que estava sendo fotografado em uma locação externa e que ela acompanhava pelo whatsapp (aham, ela abriu o aplicativo e também nos mostrou fotos do ensaio em primeira mão ). 
Balcão com Glamour’s do mundo todo, definição da mulher Glamour, decoração e um pedacinho da redação
Adri Bechara
Sem dúvida, foi um dia muito especial que, sentimentalismos a parte, vai sempre ser lembrado com muito carinho!
Momento tô no insta da Bare Minerals, da Glamour e no snap da Mônica Salgado
Ah, pra quem quiser conhecer a redação também, procure a Nat, o insta dela é @nataliamestre.
Escrito por /
Arquivado em Moda Publicado em
30 Setembro, 2015

Meus Looks no Uruguai

Quem me acompanha nas redes sociais (não segue ainda? Sou @helenneves no Twitter e no Instagram e helen.neves no Snapchat), viu que passei uma semana no Uruguai.

Tentei ser bem econômica e levar o minimo de roupas possível (mesmo assim, minha bagagem chegou aos 19 dos 23 kg permitidos), por isso vocês verão várias peças repetidas aí embaixo.

Minha ideia era fotografar os looks de uma maneira decente, mas fui surpreendida por ventos fortíssimos, impossível ficar sem casaco e com um cabelo apresentável, sem tapar minha cara toda haha.

Aí aproveitei para fazer os registros enquanto esperava o elevador pela manhã (por isso a cara inchada!).

O objetivo aqui é mostrar que dá pra se virar com poucas peças e criar uma mala funcional e prática, sem perder o conforto pra bater perna o dia inteiro. Agora chega de blábláblá e vem ver o que usei:

Ta vendo o que eu falei do cabelo? Haha

Aeroporto + Dia 
Casaco: Comprado na Falabella em Buenos Aires
Blusa de baixo: Hering
Calça: sem marca
Tênis: Aldo (amo muito!)
Lenço: H&M
Bolsa: Le Postiche

Dia 
Blazer: Renner
Camiseta: Walmart (sim!)
Calça: C&A (tem bolinhas, mas a foto não mostra)
Bota: Dakota
Lenço: H&M
Bolsa: Le Postiche

Noite
Jaqueta: Armani Exchange
Blusa: Scaranza
Saia: Sem marca
Bota: Vizzano
Bolsa: Comprada numa feira japonesa 🙂

Dia 
Blusa: Hering
Calça: Renner
Bota: Riachuelo
Lenço: H&M

Dia 
Jaqueta: Armani Exchange
Blusa: Renner
Calça: C&A (a de bolinhas)
Bota: Dakota
Lenço: Comprado em Curitiba

Dia 
Blazer: Renner
Blusa: Scaranza
Calça: sem marca
Bota: Dakota

Noite (meu preferido)
Blazer: H&M
Vestido: Riachuelo
Bota: Vizzano
Colar: Scaranza (mostrei a coleção aqui)
Bolsa: Comprada na feira japonesa

Dia + Aeroporto
Casaco: Comprado na Falabella em Buenos Aires
Blusa: Scaranza
Calça: Renner
Tênis: Aldo

Bom, se está certo ou não, não sei. Mas uma coisa eu garanto: independente dos looks, a viagem foi um máximo!

O que acharam?

Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
21 Setembro, 2015

Enfim, férias!

Nem acredito que to escrevendo esse post! Haha
Enquanto vocês estão lendo esse texto, provavelmente já estarei no aeroporto, mas não vou contar pra onde vou, quem arrisca um palpite?
Ficarei uma semana fora, mas assim que voltar ainda terei uns dias em casa e prometo pegar firme no blog, vocês vão enjoar de tanto conteúdo kkkk.
Pra acompanhar minha viagem em tempo real (e descobrir meu destino), é só ficar de olho nas redes sociais:
Instagram: helenneves
Snapchat: helen.neves
Facebook: /blogestiloh
Twitter: helenneves
Beijos e até a volta!
Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
22 Janeiro, 2015

Um Fim de Semana em Monte Sião – MG

Fiquei sumida esses dias, pois estava longe da civilização haha. Exageros a parte, semana passada eu e o boy completamos 7 anos de namoro e fomos passar um fim de semana tranquilo em Monte Sião, cidadezinha do interior de minas que, segundo o Google, tem pouco mais de 21.000 habitantes.
A cidade é a “capital” do tricot, então a cada esquina dá pra encontrar dúzias de lojas, algumas bem gigantes e bem bonitas, mas que eu nem entrei por motivos de: tava calor pra caramba e eu entrei em desespero só de me imaginar experimentando as roupas!
Ficamos na pousada Villa di Carpi, que tem chalés bem gracinhas e aconchegantes, equipados com ar condicionado ~tks God, frigobar, tv e hidromassagem. O que ficamos era tipo “tamanho família”, que comportava até 4 pessoas. Ah, eles ainda disponibilizam redes, que podem ser penduradas ao lado do chalé!
A pousada ainda conta com um lago pra quem curte pesca esportiva, além de uma quadra de tênis e trilha. Alguns pavões e patos/marrecos/não sei ficam soltos, mas eles ficam quietinhos e não correm atrás de ninguém, pode ficar tranquila haha.
No café da manhã os clássicos mineiros como pão de queijo e doce de leite não faltam! Eles oferecem alguns tipos de pães, tortas, frutas, cereal, iogurte, sucos e coisas do tipo, tudo com carinha de feito no sítio naquelas loucas branca e azul sabem? 
Pra escolher onde jantar demos uma olhada no TripAdvisor e escolhemos a Pizzaria do Roberto, que é um pouco afastada do centro, mas considerando que a cidade é pequena, não é nada longe hehe.
Gostei bastante da pizza, com a massa fininha e crocante, do jeito que eu gosto! O preço é muito bom, pedimos uma pizza média e uma jarra de vinho e o valor não passou de 50 reais! Aprovadíssimo!
Infelizmente só achei foto das saladas…
Para o almoço, nada melhor que torresmo comida mineira né? O restaurante Todo Sabor tem comida típica e buffet com várias opções de salada, no esquema “coma à vontade por 18 reais”. Gostei do atendimento, bem rápido pra trazer as bebidas!
A sobremesa ficou por conta da sorveteria Marajó, que é bem tradicional e faz sorvetes artesanais. Ainda to sonhando com o sorvete de jabuticaba, hiper cremoso e com o gostinho da fruta mesmo!
Bom, esse foi meu fim de semana, é bom variar um pouco né? Já quero mais fins de semana como esse, econômico e tranquilo.
Fotos: Instagram @helenneves e reprodução
Escrito por /
Arquivado em Lifestyle Publicado em
18 Novembro, 2014

Castelo Rá Tim Bum – A Exposição

Se você foi uma criança nos anos 90 e morava neste planeta com certeza já assistiu e amou o Castelo Rá Tim Bum!
Meu maior sonho era entrar no Castelo, o que na época era impossível (por motivos óbvios né haha).
Mas aí uma alma bondosa resolveu criar uma exposição comemorando os 20 anos de Nino e companhia, imaginem minha empolgação quando descobri, voltei a ser criança!

O problema é que a procura foi tão grande que conseguir ingressos foi uma batalha! Depois de uma tentativa #fail meu excelentíssimo foi bem rápido no site (os ingressos se esgotaram em 10 minutos) e finalmente conseguiu fazer a compra! *dancinha da vitória*.
No sábado, dia 8/11, lá fomos nós em direção ao MIS. Achei tudo bem organizado, os ingressos tinham horário marcado e a retirada era feita lá mesmo. 
Não é permitido entrar com bolsas e mochilas, mas não se desespere: tem um guarda-volumes ali mesmo e de graça!
Também não é permitido o uso do flash e como sou zero fotógrafa as fotos não ficaram uma maravilha, mas o que importa é que esse dia vai ficar eternamente guardado na minha memória haha.

A entrada não poderia ser outra! O porteiro ficava ali recebendo os visitantes e dizendo “Klift Kloft Still, a porta se abriu!” sem parar, quis chorar de emoção hehe. 
Grande parte dos personagens são  réplica, mas os originais estão lá, protegidos em vidros.

Tem um pouco da papelada do programa, como documentos, prêmios e roteiros e no hall, um nino em holograma recebe a gente e faz companhia para o relógio. Desacreditei que o programa teve só 70 episódios, pareciam tantos…

O primeiro ambiente reproduzido do castelo é a biblioteca, onde é possível ‘conversar’ com o Gato Pintado. É uma das salas mais detalhadas, impressionante.

“Conheço uma pessoa que se interessaria muito por isso! Uma não! DUAS!” “Lá vem o Tíbio e o Perônio”. Duvido você conseguir tirar essa musiquinha da cabeça!

Depois, é hora de conhecer a oficina do Dr. Victor. De vez em quando a luz começa a piscar e o inconfundível grito “Raios e Trovões” dá um leve susto nos visitantes. Tap e Flap estão por lá também.

Mau e sua gargalhada fatal (Godofredo também) estão te esperando no encanamento do castelo. Com direito a ‘baratas’ no chão.

Acho que a sala de música é um dos ambientes mais interativos, onde você pode por a mão nos objetos haha. Tem o piano que toca sozinho, a caixa de música…

O túnel pra chegar até o Etevaldo tem uma espécia de esteira meio molenga e luzes espaciais, é bem legal. Grande parte dos figurinos são os originais.

A cozinha também é bem detalhada, cheia de gavetas com fotos. Do lado de fora tem um pouco do ‘jardim’ da Caipora.

O saguão (ou sala, como preferir) é o ambiente mais disputado, quase tive que bater nas pessoas pra poder sentar no sofá haha. Celeste também bate um papo com você. Tem também o quarto do nino, o ratinho, a dedolândia…

Subindo às escadas fica o quarto da Morgana. Quem te recebe é a Adelaide e Morgana te jogará um feitiço ‘encolhedor’ para que você consiga acessar os lugares pequenos do castelo, como o Ninho e o Lustre.

Voltando ao tamanho normal, já na saída, tem um pequeno ambiente do Dr. Abobrinha, rodeado de lixo, claro.
Enfim, o post ficou giga, mas espero que tenham gostado! Pra quem se interessou, a exposição foi prorrogada até 25 de janeiro. Vale super a pena e o valor da entrada é bem baratinho. Tem mais informações aqui.
E vocês, também eram viciadas no Castelo?
Escrito por /